por que eu fotografo?

Estou numa fase de transição da minha vida. Se bem que pensando com um pouco mais de cuidado, eu sou uma pessoa em constante transição. Eu amo a novidade. Eu gosto de ser desafiada. Eu preciso de movimento.

E aí, no meio dos meus questionamentos – não imaginava como eles aumentariam de freqüência e profundidade depois dos 30! – eu voltei a me perguntar o porquê de eu fotografar. Não apenas como profissão, mas por que eu pego o celular pra tirar foto de um pôr-do-sol? Por que desde pequena sempre quis ter fotos dos meus amigos e sempre quis ver os álbuns de foto da família? Acho que a resposta é complexa e passa pela minha personalidade, criação, genética e energias cósmicas… hahahaha :)

Mas a verdade é que tem um motivo muito definido pra eu querer fotografar: sentir.

Quando eu aperto o botão do clique, eu sinto. Sinto o que está na frente da câmera. Sai uma faisquinha e aquela felicidade ali passa a ser minha.

E olhar pra trás e ver o que eu produzi, me permiti saber quem eu sou. Me permite reviver o que eu senti. O que você sentiu. E aí tudo vale a pena.

Deus, obrigada por me dar a vida e esse amor pela fotografia!

Deus, obrigada por me dar as pessoas certas pra fotografar. Que apreciam o meu trabalho e que vibrem na mesma energia que eu.

Deus, obrigada por me encher com tanto amor, sempre.

Deus, obrigada, obrigada, obrigada.

Esse ensaio foi feito em agosto, em Montreal. Esse casal me inspira em tantas maneiras que eu precisava compartilhar antes do ano acabar. Publiquei uma das fotos e coloquei a seguinte legenda: amor de verdade é construído; tijolo por tijolo. E eu acredito nisso. Assim como acredito que a gente cresce na fotografia – e na vida – bem devagar. Um passo de cada vez. Assim como eu acredito que os movimentos são importantes, que as mudanças são necessárias. Mas maior que tudo isso é saber quem a gente é. Se amar e se respeitar. E a partir daí, compartilhar esse amor com os outros.

Compartilhar essas fotos, pra mim, é compartilhar esse amor.

Estou cheia de amor pra espalhar em 2015. E com muita fome de fotografar :D Vem?

Má e Leo, obrigada por existirem. Vocês me dão força de correr atrás dos meus sonhos.

♥,
S.

share/tweet/pin
  • Nayara Cristina - Esse post cheio de amor é o meu presente de natal! <3respondercancelar

    • sharon - vc sempre me pondo lá em cima, né? hahaha! Obrigada, Nay!respondercancelar

  • BA MORETTI - ê coisa linda. manda todo esse amor em dobro pra 2015 :)respondercancelar

  • Rilena de Luna - Conheço a Marcela faz alguns anos, e nas suas fotos ela demostra uma luz, um amor, fica ainda mais bonita, Parabéns pelo trabalho lindo Sharon, e por sempre retratar o amor :)respondercancelar

    • sharon - A Má é linda, né? E os laços que ela tem com o Leo são tão inspiradores que deu nisso aí <3 Obrigada pelo comentário gentil, Rilena! Um beijo pra vc!respondercancelar

  • Amélia - Me apaixono cada vez mais pelas suas fotos e pelo o amor que elas transmitem. Parabéns pelo trabalho lindo <3respondercancelar

    • sharon - Poxa, muito obrigada! Fico super feliz com a visita, volte sempre <3respondercancelar

  • Julia - Sharon, já conheço seu trabalho há um tempo – a conheci através da Mel -, mas nunca deixei um comentário. Porém não consegui me conter depois dessas fotos kkkkkk Sua arte é incrível, seu olhar, seu sentir. Suas fotos são mais que fotografia bonita, mais que momentos registrados, parece que vc captura a emoção da cena que está a sua frente! Parabéns e obrigada por dividir com a gente esse seu fazer tão lindo <3 Ainda vou encontrar você aqui por SP pra te dar um abraço! beijo.respondercancelar

    • sharon - Julia, que delícia ler seu comentário! Obrigada por fazer um tempinho de comentar, me deixou muito feliz! Espero continuar com um trabalho que passa essa emoção! É pra isso que eu nasci <3 Um beijo!respondercancelar

  • Daniela Farias - Já disse e repito: quero ser igual a Sharon quando crescer!
    Você não sabe como esse post abriu meus olhos, ando meio numa fazem saber o que fazer com a minha vida e de repente surgiu uma oportunidade de eu trabalhar com a fotografia. Nunca pensei em ser fotografa, até porque não consigo me considerar uma, mas do jeito que você falou é exatamente o que eu sinto!
    Obrigada por compartilhar esse amor maravilhoso conosco, suas fotos como sempre arrasadoras! <3
    Beijocas!respondercancelar

    • sharon - Dani, obrigada pelo carinho! Fiquei super feliz desse post ter te ajudado… tem uma frase que a gente não pode esquecer: sentir é mais importante que entender… então, se vc sentiu, segue! <3 Um beijo!respondercancelar

  • Tayná - obrigada por esse texto..
    obrigada por cada post..

    sem dúvidas vc transmite todo o amor que sente da melhor forma possível *-*

    é inspirador!respondercancelar

Seu email nunca será compartilhado. Campos requeridos *

*

*